Amauta – Inteligência Educacional

É uma empresa colaborativa de especialistas dedicados a desenvolver inteligência educacional em todos os processos das instituições de ensino de todos os tipos.

Além disso, a Amauta desenvolve trabalhos ligados à economia criativa (turismo, história, arte, música e fotografia) cujo foco é a inovação.

A “destruição criativa” (disrupção) é a capacidade de mudanças nas atividades convencionais a partir da inserção de variáveis capazes de provocar alterações
significativas. A tecnologia, inovação, design e adaptabilidade são algumas dessas variáveis.

Na educação, assim como em outras áreas, mudanças significativas estão acontecendo. Práticas de ensino e formas de gestão tradicionais precisam se adaptar a essa disrupção.

A Amauta, Inteligência Educacional, oferece soluções para que sua instituição possa fazer frente a esse momento desafiador.

O que significa Amauta?

No império Inca (Séculos XV e XVI), o Amauta (do idioma quechua: amawt’a; ‘mestre’, ‘sabio’), era a pessoa que se dedicava abnegadamente à educação formal dos filhos dos incas. Cabia aos Amautas, instruir aos cidadãos do futuro dessa cultura, normas morais, religiosas e conhecimentos avançados como ciências, matemáticas e conhecimentos sobre a terra e o universo.